Braquioplastia

A braquioplastia elimina a flacidez dos braços.

braquioplastia lifting de braços

 

Braquioplastia é a cirurgia que remodela os braços, podendo interferir na estética de uma faia que se estende da axila até o cotovelo. Também conhecida como lifting braquial essa cirurgia plástica remove flacidez e possivelmente gordura localizada fazendo com que seu braço ganhe uma nova aparência, mais suave e tonificado.

Quando uma pessoa ganha peso, sua pele se estica lentamente com o tempo. Ao perder esse peso, a pele provavelmente não terá elasticidade suficiente para voltar ao lugar. Isso pode levar a uma quantidade extra de tecido, originando a flacidez.

Em emagrecimentos de grande monta é muito provável que essa sobra de pele esteja presente debaixo do braço, mas também em outras regiões do corpo, como o queixo, parte superior e interna das coxas e no baixo ventre. Essas mudanças podem acontecer com qualquer pessoa, ainda que tenham adquirido peso ao longo de muito tempo ou em um breve momento ou evento como a gravidez.

A braquioplastia é um tipo de cirurgia de contorno corporal muito solicitada por pessoas de mais idade com pouca elasticidade de pele, bem como pessoas de todas as idades que tenham perdido muito peso.

O lifting de braços é frequentemente realizado após uma cirurgia bariátrica, que permite grandes emagrecimentos. A maioria das pessoas que fizeram a cirurgia em algum momento precisarão passar por algumas cirurgias, incluindo uma braquioplastia para recompor a região dos braços e remover a flacidez excessiva.

De todo modo é muito normal pacientes que apresentam a queixa somente nos braços, fazendo o procedimento de forma exclusiva.

    Quando você deve procurar por uma braquioplastia?

    Existem muitos fatores que contribuem para a flacidez nos braços.

    Algumas das razões mais comuns para uma braquioplastia são:

    • Flutuações de peso, incluindo perda de peso significativa.
    • Perda de elasticidade na pele dos braços devido à idade.
    • Músculos ou tecidos enfraquecidos na região.

    O exercício pode, por vezes, ajudar a atenuar a aparência de flacidez sob os braços, principalmente em pessoas mais jovens, mas na maior parte das vezes não é suficiente, especialmente após uma perda de peso significativa.

    Remover cirurgicamente o excesso de pele e possivelmente de gordura, remodelando o contorno dos braços, é realmente a solução mais efetiva para que qualquer pessoa possa ter os braços mais jovens e um ‘tchauzinho’ novamente firme.

    Bons candidatos para um lifting de braços?

    Pacientes saudáveis, não fumantes, com pele flácida na parte interna e de trás dos braços, são bons candidatos para esse procedimento.

    Pacientes que perderam uma quantidade considerável de peso devem procurar manter um peso estável por pelo menos seis meses antes de considerar uma braquioplastia ou qualquer outro procedimento de contorno corporal.

    braquioplastia queixas flacidez

    Considerações sobre o lifting de braços

    Prós

    • Você vai se sentir fisicamente melhor, sem o incômodo típico da flacidez abaixo do braço e axilas.
    • Terá mais confiança e uma melhor autoestima.
    • Poderá usar roupas de mangas curtas ou sem mangas sem se sentir constrangido.

    Contras

    • Não tem jeito, toda cirurgia cosmiatrica é uma troca de alguma queixa estética por cicatrizes. Na braquioplastia elas estarão ao longo do interior de seus braços, estendendo-se, na maior parte dos casos, da axila até o cotovelo.
    • Se a flacidez não for excessiva, o lifting de braços pode não valer as cicatrizes resultantes. Essa será uma decisão que só você poderá tomar.
    • Não é possível prever exatamente como suas cicatrizes ficarão.

    Estes são os três principais prós e contras para ponderar, quando se considera uma braquioplastia. De todo modo cada caso é um caso e você deve consultar o seu cirurgião plástico para que ele avalie as possibilidades e novos prós e contras que podem surgir da consulta de seu caso específico.

    Por que a lipoaspiração não resolve todos os problemas?

    Se você tem gordurinha localizada no braço, e uma pele com boa elasticidade talvez a lipoaspiração seja uma boa solução para você. Mas isso não é a realidade de 99% dos pacientes que precisam de uma cirurgia plástica dos braços.

    A lipoaspiração às vezes se torna uma boa opção, mas quase sempre em conjunto com o lifting. Ou seja, dificilmente você conseguirá fugir da incisão e consequente cicatriz de uma braquioplastia. É muito mais comum que pele precise ser retirada para ótimos resultados.

    “Os pacientes pedem lipoaspiração porque as cicatrizes são pequenas. Mas se o cirurgião remover uma quantidade significativa de gordura a pele afrouxará e haverá ainda mais flacidez resultante. Quase nunca a lipoaspiração pode ser usada individualmente” diz a Dra. Júlia Melo.

    “A cicatriz de uma braquioplastia é visível”, diz ela. “Mas tentamos escondê-la aproximando-a do interior do braço.”

    O fato é apenas um: a lipoaspiração sozinha não vai tratar o problema do excesso de pele na maioria dos casos. Mesmo que o cirurgião remova a gordura subjacente, o excesso de pele permanece e até se agrava após a lipoaspiração. Retirar a gordura e deixar a pele intacta é como esvaziar um balão e ver a bexiga murchar.

    “Mesmo com as cicatrizes, a maioria das pessoas que faz uma braquioplastia aprecia seus resultados, pois é uma troca normalmente muito positiva” diz a Dra. Júlia.

    Preparando-se para sua braquioplastia

    Você pode tomar algumas medidas importantes nas semanas e meses antes da cirurgia. Isso ajudará a tornar o procedimento, e sua recuperação, mais seguras. Se você fuma, parar de um a dois meses antes da cirurgia pode reduzir muito o risco de complicações.

    Uma complicação comum relacionada ao tabagismo é a cicatrização lenta das incisões, o que aumenta o risco de infecção e piora o resultado drasticamente. Trabalhe com seu médico para elaborar um plano de deixar de fumar antes de fazer a cirurgia.

    Algumas semanas antes do lifting de braços, seu cirurgião plástico fará uma avaliação pré-operatória. Ele se certificará de que você está pronto para a cirurgia, observando sua saúde e seu histórico médico.

    Esta consulta também é um ótimo momento para perguntar tudo, eliminar qualquer dúvida ou apresentar qualquer preocupação que você tenha sobre seu lifting de braços.

    A Dra. Júlia, em consulta, toma todos os cuidados solicitando uma bateria completa de exames para deixar a cirurgia o máximo segura e confortável para você.

    Sua avaliação pré-operatória pode incluir:

    • exames laboratoriais
    • radiografia de tórax
    • eletrocardiograma
    • ajustes nas doses de medicamentos e suplementos

    Os resultados da sua avaliação pré-operatória ajudarão seu cirurgião plástico a descobrir a abordagem mais segura para a sua cirurgia. Você também precisará parar de tomar medicamentos como Aspirina e antiinflamatórios não-esteróides, como o ibuprofeno, determinado tempo antes da cirurgia.

    Incisão e Cicatriz

    A maior consideração para uma braquioplastia é, sem dúvida nenhuma, a cicatriz. As incisões do lifting braquial serão avaliadas e sugeridas de acordo com o seu caso. Graus de flacidez maiores exigirão maiores incisões e portanto grandes cicatrizes.

    Os tipos de incisão podem ser basicamente:

    Incisão de Lipoaspiração

    A lipoaspiração de braços é uma opção se sua pele tem elasticidade suficiente para encolher em torno dos tecidos depois que a gordura for removida. Se a sua pele tiver pouca elasticidade a flacidez do tecido será ainda mais pronunciada após a remoção da gordura.

    No entanto a lipoaspiração é muito usada como adjuvante para remoção de gordura em um procedimento padrão de braquioplastia.

    Incisão Axilar

    Mais adequado para pacientes que tem pele flácida semelhante a um papel crepom, na área interna do braço, perto da axila, e sem excesso de tecido adiposo. A pele flácida é removida através de uma cicatriz bem escondida.

    Serve para uma frouxidão de pele leve, que será removida através de uma incisão em forma de diamante localizada dentro do sulco da axila.

    Após esse procedimento a incisão é fechada resultando no esticamento da pele do braço em direção à axila, devolvendo o tônus.

    Embora a incisão axilar funcione bem para uma frouxidão leve nos braços, a maioria dos pacientes não se beneficia muito com esse procedimento. Isso porque a frouxidão da pele e do tecido dos braços geralmente se apresenta em excesso circunferencial e requer redução da pele do braço como um todo.

    Incisão Limitada

    O lifting de braço de incisão limitada é uma técnica usada para pacientes com frouxidão de tecido na parte mais alta dos braços, que não desejam ter a cicatriz estendida até o cotovelo.

    Este procedimento de braquioplastia utiliza uma cicatriz em forma de T para combinar a incisão axilar com uma pequena incisão longitudinal restrita à parte mediana do braço.

    Através destas duas incisões, a frouxidão dos tecidos do braço é corrigida, ressecando-se a pele em excesso e a esticando-a em direção à axila.

    Incisão clássica

    Esta incisão é reservada para pacientes com flacidez de pele de moderada a grave.

    Nesses casos a circunferência do braço como um todo precisa ser reduzida por meio da braquioplastia. A incisão clássica do lifting de braço estende-se da axila ao cotovelo, removendo uma elipse do excesso de pele e tecido do braço.

    O fechamento da incisão resulta em uma cicatriz em toda borda inferior interna dos braços até o cotovelo. Quando o braço permanecer assentado nos quadris, a cicatriz clássica ficará bem fora da vista.

    Braquioplastia: A Cirurgia

    Não coma ou beba nada depois da meia-noite, no dia da sua cirurgia. Além disso, informe a Dra. Júlia sobre quaisquer problemas recentes de saúde que você tenha tido, como febre.

    No dia da sua cirurgia, ela começará marcando seu braço nos locais já conversados para se fazer as incisões.

    Como citado anteriormente existem várias maneiras de se realizar a a braquioplastia, mas a mais comum é a que envolve a incisão clássica no interior dos braços, da axila até o cotovelo.

    Você receberá anestesia local ou geral, dependendo do método cirúrgico escolhido pela Dra. Júlia. Se houver gordura extra, que possa ser eliminada para obtenção de um melhor contorno, ela combinará antes do lifting uma lipoaspiração.

    Logo após, guiada pelas marcas feitas antes do procedimento, ela fará as incisões necessárias e remodelará o tecido do seu braço. Ela então esticará a pele sobre os tecidos e fechará a ferida cirúrgica com pontos.

    Todo o procedimento é geralmente concluído dentro de duas a três horas.

    Após o procedimento

    Após a braquioplastia, suas incisões serão cobertas com curativo cirúrgico e seus braços serão enrolados em malha elástica para minimizar o inchaço. Pequenos drenos podem ser colocados para eliminar o excesso de fluidos.

    Após a alta, provavelmente depois de 2 a 3 dias, será feita a remoção das ataduras e drenos, caso usado.

    Alguns cirurgiões plásticos podem manter a malha de compressão por algumas semanas para manter o inchaço controlado.

    Nos primeiros dias após um lifting de braços:

    • Evite levantar os braços acima do nível dos ombros pelo tempo determinado pela Dra. Júlia Melo.
    • Evite atividades físicas e esportivas, que possam esticar as incisões.
    • Tome medicação para a dor, conforme necessário, e use antibióticos tópicos ou orais, conforme indicado, para evitar infecções.

    Converse com a Dra. Júlia sobre a necessidade de remoção dos pontos. Em alguns casos eles se dissolvem sozinhos. Em outros casos os pontos precisarão ser removidos no consultório um tempo após o procedimento.

    Após uma braquioplastia contate a Dra. Júlia imediatamente se tiver:

    • Falta de ar
    • Dores no peito
    • Batimento cardíaco irregular
    • Vermelhidão da pele e febre
    • Dor crescente na ferida, que indica infecção

    Resultados

    A remoção da pele em excesso proporcionada pelo lifting de braços dá a seus braços uma aparência mais tonificada.

    Os resultados da braquioplastia são tipicamente duradouros. Lembre-se, no entanto, que a sua pele irá naturalmente perder firmeza à medida que você envelhece e que pode ocorrer alguma flacidez como efeito do tempo. Isso aconteceria naturalmente.

    Manter um peso estável e saudável pode ajudá-lo a manter seus resultados por mais tempo.

    Quais são os riscos da braquioplastia?

    Em geral a braquioplastia é um procedimento seguro. Mas todas as cirurgias apresentam seus riscos.

    Esse fator de risco depende da sua idade, da quantidade de peso que você perdeu, ou apresenta, e de outros problemas de saúde que você já apresenta. Eles também dependem da abordagem do seu cirurgião plástico para a cirurgia. Converse com seu médico sobre os riscos específicos do seu caso. Eles serão claros após os exames pré-operatórios, mas dependem também da sua contribuição.

    Ser verdadeiro nas consultas antes e depois do procedimento, em todo o período de recuperação da cirurgia, é essencial.

    Um lifting de braços apresenta alguns riscos típicos de cirurgias estéticas, incluindo:

    Cicatrizes:

    Cicatrizes são permanentes, mas normalmente são locadas em áreas não facilmente visíveis.

    Raramente as incisões resultam em cicatrizes hipertróficas ou queloides. O risco existe, mas pode ser amenizado com histórico familiar e boa técnica cirúrgica. Caso ocorram, injeções de medicação corticosteróide ou outros tratamentos podem ser usados ​​para melhorar a aparência das cicatrizes.

    Assimetria na forma dos braços:

    Isso pode ocorrer como resultado de alterações durante o processo de cicatrização. Além disso, apesar de todo cirurgião plástico tentar fazer com que seus braços pareçam tão simétricos quanto possível, a simetria perfeita não é possível e nem é comum mesmo antes de qualquer procedimento.

    Alterações na sensação da pele:

    Durante um lifting de braços o reposicionamento dos tecidos podem afetar os nervos sensoriais superficiais. Você provavelmente sentirá alguma dormência. Ela tende a ser temporária.

    Problemas com pontos:

    Os pontos usados ​​para sustentar a nova forma dos braços podem abrir-se e causar inflamação. Como resultado, você pode precisar de uma cirurgia adicional.

    Possíveis riscos podem incluir:

    • Danos ao tecido linfático que pode causar inchaço nos seus braços
    • Complicações da anestesia
    • Dor que não desaparece
    • Coágulos de sangue que podem causar embolia pulmonar.

    Você também pode não obter os resultados desejados da cirurgia e precisar fazer outra cirurgia para contornar ainda mais a área do seu braço. 

    Agende uma Consulta

    Deixe mensagem no WhatsApp (31) 99698-7200, ligue (31) 3324-8748 ou preencha o formulário abaixo e agende sua avaliação

    O que falam da Dra. Júlia

    "Sensacional! Ética, competente, estudiosa, batalhadora!!! Admiro como colega e como pessoa!!!! É um prazer anestesiar o paciente quando o cirurgião é competente!!!!"

    Ana Carolina Martins

    "Sucesso total pra você! Você merece demais! A alegria que você me proporcionou não tem preço! Resultado perfeito! Sonho realizado!"

    Daniele Franklin

     

    "Trabalhei por anos ao lado desta pessoa 
    exemplar. Dra. Júlia Melo é exímia profissional pois em sua jornada como médica nunca lhe faltou competência, ética, dedicação, respeito, honestidade e acima de tudo Amor ao próximo. Sucesso é apenas consequência para vc moça bonita!"

     
    Rosélia Costa

     

            

    Clínica de Belo Horizonte

    Clínica Revittá
    Rua dos Timbiras 2072, sala 1.207
    Lourdes - Belo Horizonte-MG

    Fale com nossa Clínica

    drajuliamelobh@gmail.com
    Tel: (31) 3324-8748
    WhatsApp (31) 99698-7200
    Copyright 2017 © – Todos os direitos reservados à Dra. Júlia Mello – Desenvolvido pela ZUMPP | Premium Design