Lipo e Lipoescultura

A lipo retira gordurinhas localizadas.

Também conhecida como lipoescultura, a lipoaspiração é um procedimento cirúrgico que utiliza uma cânula com sucção para remover gordura de áreas específicas do corpo, como o abdômen, flancos, costas, quadris, coxas, nádegas, braços e papada.

A lipoaspiração não só elimina a gordura localizada, bem como molda e refina o contorno de áreas como as laterais das mamas por exemplo. Outros nomes para a lipoaspiração incluem lipoplastia, lipo hd, hidrolipo, lipo à laser e outros nomes que sintetizam pequenas alterações para um mesmo fim, um novo contorno corporal.

Lipoaspiração, é bom ficar atento, não é considerado um método ou alternativa para perda de peso. Se você está acima do peso, é preciso que você perca boa parte desse peso através de dieta, exercícios ou de uma cirurgia bariátrica, para se tornar elegível para uma lipoaspiração que te dê resultados satisfatórios.

Você pode ser um candidato à lipoaspiração se tiver gordura localizada em pontos específicos.

É fundamental que seu peso corporal esteja estável.

Usos para a Lipo

A lipoaspiração é usada principalmente para melhorar a aparência. Não é uma cirurgia que tenha intenção de proporcionar benefícios à saúde física.

Essa cirurgia não pode ser substituta de um estilo de vida saudável, com uma dieta balanceada, exercícios regulares e um horário de sono saudável, pois os benefícios estéticos e físicos dessas práticas são comprovados. Elas devem ser adotadas antes mesmo do procedimento.

A lipoaspiração é normalmente indicada apenas se as mudanças no estilo de vida não tiverem alcançado os resultados desejados. Assim ela trata áreas de gordura localizada, que são resistentes ao exercício e dieta.

Quando um indivíduo ganha peso, as células adiposas aumentam em tamanho e volume. A lipoaspiração reduz o número de células adiposas nessas áreas isoladas, que variam de localização em cada indivíduo de acordo com a genética.

As pessoas devem discutir os prós e contras da lipoaspiração com seu médico antes de decidir se devem prosseguir. A lipoaspiração só deve ser realizada após uma análise cuidadosa.

Os resultados são sutis, mas transformadores.

As seguintes áreas do corpo são comumente direcionadas para o tratamento de lipoaspiração:

  • abdome
  • costas
  • nádegas
  • lateral das mamas
  • porção interna dos joelhos
  • ancas
  • flancos
  • papada
  • coxas, laterais e parte interna das coxas
  • braços

A lipoaspiração funciona melhor para pessoas com boa elasticidade de pele, onde ela seja capaz de se moldar em novos contornos.

Pessoas cuja pele não tenha boa elasticidade podem acabar com aparência de pele flácida em áreas onde o procedimento for realizado. Pessoas de mais idade com depósitos de gordura mais robustos ou flacidez prévia devem se submeter a um lifting associado à lipoaspiração.

Bons candidatos tem mais de 18 anos de idade e boa saúde. Aqueles com problemas de saúde não estabilizados como os de circulação ou pressão, doença arterial coronariana, diabetes ou um sistema imunológico debilitado, não devem passar pela lipoaspiração até resolução do problema.

Candidatos à lipoaspiração

Os requisitos para candidatura à lipoaspiração são mais rigorosos do que para alguns outros procedimentos de cirurgia plástica. Isso se deve principalmente por que os pacientes que não estiverem em um peso estável não estarão aptos a obter os melhores resultados do procedimento.  Esses pacientes devem aguardar para se submeter ao procedimento.

Pacientes com a lipoaspiração em perspectiva devem ter boa saúde geral, peso estável e estarem saudáveis de maneira geral. A indicação para a lipo se dá quando o paciente tem queixa de áreas isoladas de gordura indesejada, que não tenham respondido às mudanças no estilo de vida.

Importante lembrar que quanto mais em forma o paciente estiver, melhores serão os resultados aparentes após a cirurgia. Os pacientes devem ser realistas sobre os resultados iniciais da cirurgia e as etapas necessárias para preservar esses resultados após o período de recuperação.

O que a lipoaspiração não faz

1) Melhora a flacidez

O grau de flacidez ou frouxidão de pele, que você tem antes da cirurgia, permaneceria o mesmo ou pior após a cirurgia de lipoaspiração caso ela fosse indicada isoladamente, sem auxílio de lifting para eliminar a pele sobressalente. Gravidez, flutuações de peso, idade e genética podem contribuir para a distensão da pele. A lipo individualizada também não é indicada em depósitos de gordura maiores justamente por causa da pele. Com a remoção de gordura, um efeito de ‘esvaziamento’ ocorre no local e a flacidez pode parecer pior do que quando você começou.

2) Elimina a celulite

A lipoaspiração não elimina a celulite no bumbum e na verdade pode até piorá-la em pacientes com pele pouco elástica. Portanto, no caso da temida celulite, o aumento dos glúteos com a gordura advinda da lipoaspiração, a lipoescultura é mais recomendada, pois promove um esticar da pele, que pode ajudar a amenizar as covinhas.

3) Reduz o seu peso

A cirurgia plástica de lipoaspiração não irá reduzir drasticamente o seu peso, nem deve. Idealmente, as pessoas devem ter um peso razoável em proporão à sua altura quando submetidos à lipoaspiração. As pequenas áreas de gordura localizada que as pessoas desejam tratar com lipoaspiração não vão alterar seu peso substancialmente, pois a gordura não é densa e, portanto, não pesa muito.

4) Substitui o exercício

Não. A lipoaspiração é uma cirurgia como qualquer outra e não pode ser usada como substituto da atividade física. Você deve permanecer ativo, e com bons hábitos, para a saúde antes ou depois de uma lipoaspiração. O aumento da atividade e a manutenção da dieta ajudará você a manter seus resultados.

5) Transformar drasticamente seu corpo

A menos que seu físico esteja próximo a de um atleta ou modelo antes da cirurgia plástica e você tivesse apenas um ou outro local com indicação para gordura localizada persistente, você não vai parecer um atleta ou modelo depois da lipoaspiração. A Lipoaspiração irá simplesmente melhorar seu físico atual. Mas sim, com ótimos resultados se você estiver em forma por baixo da “capinha de gordura localizada”.

Técnicas

A Dra. Júlia selecionará a técnica apropriada com base em: suas metas de tratamento, as áreas do seu corpo a serem tratadas e se você já tiver realizado outros procedimentos de lipoaspiração no passado. As principais são:

Lipoaspiração tumescente – Hidrolipo

Este é o tipo mais comum de lipoaspiração. O cirurgião injeta uma solução estéril – uma mistura de soro, que ajuda na remoção de gordura, um anestésico (lidocaína) para aliviar a dor e uma droga (epinefrina) que faz os vasos sanguíneos se contraírem – na área que está sendo tratada. A mistura fluida faz com que a área afetada inche e endureça.

O cirurgião então faz pequenos cortes em pontos específicos de sua pele e insere um tubo fino chamado cânula sob sua pele. A cânula é conectada a um vácuo que extrai gordura e fluidos do corpo.

Lipoaspiração assistida por ultra-som

Este tipo de lipoaspiração é por vezes utilizado em conjunto com a lipoaspiração tradicional. Durante a lipo ultrasônica, o cirurgião insere uma haste de metal que emite energia ultrassônica sob a pele. Isso rompe as paredes de células de gordura para facilitar a remoção.

Lipoaspiração assistida por laser – Lipo à Laser

Esta técnica usa luz laser de alta intensidade para decompor a gordura para facilitar a remoção. Durante a lipo à laser, o cirurgião insere uma fibra de laser através de uma pequena incisão na pele e emulsifica os depósitos de gordura. A gordura é então removida através da cânula de succção.

Vibro Lipoaspiração – Vibrolipo

Este tipo de lipoaspiração usa uma cânula que se move rapidamente para frente e para trás. Essa vibração permite que o cirurgião puxe a gordura resistente com mais facilidade e rapidez.

A Consulta de lipoaspiração

Se você estiver interessado em realizar uma lipoaspiração com a Dra. Júlia Melo, de Belo Horizonte, seu primeiro passo será agendar uma consulta de avaliação. Nesta consulta ela avaliará sua elegibilidade para a cirurgia, analisando seu histórico médico e solicitando exames para ver seu estado de saúde geral.

Ela discutirá também suas metas com a lipoaspiração, fará um exame físico e determinará sua candidatura para o procedimento. Se você é um bom candidato, aprenderá mais sobre as diferentes opções de lipoaspiração e terá a recomendação da técnica mais apropriada para suas necessidades.

Essa consulta é a sua oportunidade de expressar seus objetivos, fazer quaisquer perguntas que possa ter e aprenda mais sobre o procedimento. A Dra. Júlia orientará você em todas as etapas do processo, incluindo o custo da lipoaspiração, possíveis efeitos colaterais, riscos e o período de recuperação.

O procedimento

Alguns procedimentos de lipoaspiração podem exigir apenas anestesia local limitada a uma área específica do seu corpo. Outros procedimentos podem exigir anestesia geral, o que induz um estado temporário de inconsciência. Você pode receber um sedativo, normalmente através de uma injeção intravenosa, para ajudá-lo a permanecer calmo e relaxado.

A equipe cirúrgica irá monitorar sua frequência cardíaca, pressão arterial e nível de oxigênio no sangue durante todo o procedimento.

O procedimento pode durar várias horas, dependendo da extensão da remoção de gordura, da concomitância com a lipoenxertia ou outro procedimento associado.

Se a anestesia geral foi usada, você vai acordar em uma sala de recuperação. Você normalmente passará pelo menos algumas horas no hospital, ou clínica, para que a equipe médica possa monitorar sua recuperação. O pernoite poderá ser uma opção para que se tenha certeza de que você não está desidratado ou em estado de choque devido à perda de fluidos.

Resultados

Os resultados da lipoaspiração não serão claros até que a inflamação diminua. Em alguns casos, isso pode levar vários meses. A maior parte do inchaço se instala após cerca de 4 semanas, e a área onde a gordura foi removida deve parecer menos volumosa.

Pessoas que mantêm seu peso geralmente podem esperar resultados permanentes. Aqueles que ganham peso após o procedimento podem achar que sua distribuição de gordura se alterou. Aqueles que anteriormente tinham gordura acumulada em seus quadris podem achar que suas nádegas se tornam a nova área problemática. Isso se deve à compensação que o corpo humano promove, substituindo áreas com menos adipócitos (células de gordura) por outras.

Quanto tempo duram os resultados da lipoaspiração

O corpo humano tem apenas uma certa quantidade de células adiposas, e elas crescem ou diminuem à medida que ganhamos ou perdemos peso. O número e a distribuição de nossas células adiposas são definidos antes mesmo de atingirmos a idade adulta. É por isso que podemos ter algumas áreas onde a gordura parece insistente, mesmo que estejamos perdendo peso em outras áreas. É aqui que entra a lipoaspiração.

Quando os depósitos de gordura são removidos através da lipoaspiração, essas células de gordura desaparecem para sempre. O contorno do corpo é melhorado e, idealmente, as áreas em questão são agora mais proporcionais ao resto do corpo. No entanto, sempre haverá algumas células de gordura remanescentes na área, bem como em outras áreas do corpo.

Portanto, se o paciente subsequentemente ganhar peso, as células adiposas remanescentes crescerão mais.

Como agora há menos células adiposas na área de lipoaspiração, a ideia é que, em casos de ganho de peso, essas áreas permaneçam em melhor proporção com o resto do corpo. No entanto, esteja ciente de que pode parecer que você está ganhando mais peso em áreas onde você não fez o procedimento, uma vez que essas áreas agora contêm proporcionalmente mais células adiposas.

Em suma, embora deva melhorar as proporções e os contornos do seu corpo, a lipoaspiração não é um método eficaz de perda de peso, e certamente não lhe garante uma licença para abusar na dieta ou no sedentarismo. Segundo a Dra. Júlia, ganhar peso após a lipoaspiração pode resultar em proporções que você preferiria não ter ou não esperaria que pudesse antes da cirurgia.

O fato é que o corpo sempre acha um caminho para a gordura sobressalente.

Como tornar os resultados mais duradouros

Muitas pessoas se perguntam o que podem fazer para manter suas novas proporções e a ótima forma por mais tempo.

A resposta é muito fácil: se exercitar. De acordo com um estudo de 2012 publicados no Jornal de Endocrinologia Clinica e Metabolismo, mulheres com peso normal, que tiveram 2,5 a 3 quilos de gordura abdominal removidos por lipoaspiração e que se exercitaram após a cirurgia, desfrutaram de sua nova forma seis meses depois.

Das 36 mulheres saudáveis, mas inativas, com idades entre 20 e 35 anos que realizaram o procedimento, metade recuperou a gordura seis meses após a lipoaspiração. E mais: a gordura recuperada era principalmente visceral, o tipo que se instala em torno dos órgãos e aumenta o risco de diabetes e doenças cardíacas.

Eu ouvi que a lipoaspiração é perigosa. Isso é verdade?

A lipoaspiração é uma cirurgia, por isso deve ser abordada com o maior respeito e cuidado.

As técnicas modernas, no entanto, minimizaram muitos desses riscos e tornaram o procedimento bastante seguro para bons candidatos. Os cirurgiões minimizam o risco insistindo nos mais altos padrões de segurança e controlando a quantidade de gordura removida em uma única cirurgia.

No entanto, há sempre riscos envolvidos em qualquer cirurgia e a lipoaspiração não é exceção.

Além dos efeitos colaterais da lipoaspiração normal, como inchaço, hematomas e desconforto, as possíveis complicações podem incluir:

  • Sangramento
  • Infecção
  • Complicações da anestesia
  • flacidez
  • cicatrizes inestéticas
  • danos nervosos e na pele

Abdominoplastia x lipoaspiração

A abdominoplastia e a lipoaspiração são dois procedimentos muito diferentes, embora a lipoaspiração seja frequentemente um componente do procedimento de abdominoplastia, quando esta cirurgia plástica é chamada lipoabdominoplastia.

Enquanto a lipoaspiração abdominal atinge apenas a gordura dessa área, a abdominoplastia é um procedimento mais abrangente usado para remover gordura e excesso de pele da região da barriga, apertar os músculos abdominais, até reposicionando o umbigo se necessário.

Procedimentos de abdominoplastia são mais comuns em mulheres que tiveram filhos e em pessoas que perderam uma quantidade significativa de peso.

Também conhecida como lipoescultura, a lipoaspiração remove o excesso de gordura localizada em áreas específicas do corpo, melhorando o contorno corporal.

Estudos tem mostrado que pacientes que se submetem a mudança no seu estilo de vida a longo prazo alcançam o mais alto nível de satisfação pós-operatória de lipoaspiração. É preferível que os pacientes se comprometam com as mudanças necessárias na dieta, nos exercícios e com as modificações no estilo de vida antes de se submeterem a cirurgia. A lipoaspiração é contraindicada em pacientes que estejam grávidas ou com problemas de saúde em geral. Os medicamentos fitoterápicos e emagrecedores podem ter interações desfavoráveis com a cirurgia e/ou anestesia e devem ser interrompidos três semanas antes da cirurgia. As áreas mais comuns de tratamento são: costas, cintura, abdome, coxas, braços e pescoço. Muitos pacientes que procuram o contorno do abdome podem não ser candidatos a lipoaspiração isoladamente, e requerem a associação da abdominoplastia. Muitas vezes os pacientes que solicitam o contorno glúteo desejam o aumento da forma e da projeção, o que pode ser feito com transferência autóloga de gordura (enxerto de gordura retirado das costas por exemplo).

Ao final do procedimento os pacientes submetidos a lipoaspiração recebem uma malha elástica compressiva personalizada, com base no procedimento realizado. Alguns tipos de espuma de compressão também podem ser utilizados sob o vestuário para auxiliar no contorno. Os pacientes são estimulados a deambular precocemente, no dia da cirurgia, e os dispositivos de compressão sequencial intermitente (bota de compressão) são utilizados durante e após o procedimento. Os pacientes são liberados para tomar banho no primeiro ou segundo dia pós-operatório, e são instruídos a manter a malha elástica de compressão 24 horas por dia. O retorno a atividade de trabalho pode ser precoce, em três a quatro dias, ou ainda em duas semanas conforme o procedimento. A deambulação precoce é instituída e a atividade leve é liberada duas semanas após a cirurgia, a não ser que o paciente tenha se submetido à abdominoplastia associada ou outro procedimento invasivo.

Inicialmente, os pacientes apresentam algum aumento de peso após a lipoaspiração, secundário às mudanças de volume e ao edema pós-operatório. O edema tende a atingir o ponto máximo três a cinco dias após a cirurgia.

Os hematomas regridem por volta de 7 a 10 dias após a cirurgia. Os pacientes observam mudanças sutis no contorno da cintura em torno de 15 dias, e em 6 semanas apreciam mudanças significativas na sua forma. O resultado estético final pode ser observado 3 a 6 meses após a cirurgia, conforme o paciente.

A drenagem linfática pós-operatória é encorajada para auxiliar com o edema e a insensibilidade e, frequentemente, é iniciada logo após o procedimento. A lipoaspiração deve ser realizada por médicos devidamente treinados.

Agende uma Consulta

Deixe mensagem no WhatsApp (31) 99698-7200, ligue (31) 3324-8748 ou preencha o formulário abaixo e agende sua avaliação

O que falam da Dra. Júlia

"Sensacional! Ética, competente, estudiosa, batalhadora!!! Admiro como colega e como pessoa!!!! É um prazer anestesiar o paciente quando o cirurgião é competente!!!!"

Ana Carolina Martins

"Sucesso total pra você! Você merece demais! A alegria que você me proporcionou não tem preço! Resultado perfeito! Sonho realizado!"

Daniele Franklin

 

"Trabalhei por anos ao lado desta pessoa 
exemplar. Dra. Júlia Melo é exímia profissional pois em sua jornada como médica nunca lhe faltou competência, ética, dedicação, respeito, honestidade e acima de tudo Amor ao próximo. Sucesso é apenas consequência para vc moça bonita!"

 
Rosélia Costa

 

        

Clínica de Belo Horizonte

Clínica Revittá
Rua dos Timbiras 2072, sala 1.207
Lourdes - Belo Horizonte-MG

Fale com nossa Clínica

drajuliamelobh@gmail.com
Tel: (31) 3324-8748
WhatsApp (31) 99698-7200
Copyright 2017 © – Todos os direitos reservados à Dra. Júlia Mello – Desenvolvido pela ZUMPP | Premium Design